Google
Busque no site
Publicado em 10 de novembro de 2012 -

Homem suspeito de matar mãe em aniversário do filho em Rio Crespo é preso em Cacaulândia

Comente

Por das 15hs de sexta-feira (09) a guarnição composta pelos policiais militares Muck, De Lima, Machula, Werley e Alquieri receberam informações anônimas de que um casal em atitude suspeita caminhava pela linha C-10, sentido município de Cacaulândia.


Já era de conhecimento dos policiais que na região estava escondido Edson Bueno, vulgo “Polaco”, pois no dia 06/11/2012 a mesma guarnição prestou apoio a uma guarnição do município de colina verde que tentou prender o mesmo, porém Edson fugiu se embrenhando em uma mata fechada.

De imediato a guarnição se deslocou ao local, sendo que a uns 6Km do local entraram em contato com motorista de um caminhão, o qual informou que passou por um casal a poucos minutos próximo a um riacho e que estavam a pé, sentido município de Cacaulândia.

Diante de tais informações os policiais desembarcaram das viaturas e prosseguiram a pé pela mata e ao chegar próximo ao referido riacho ouviram vozes, onde realizaram um cerco, obtendo êxito em abordar Edson Bueno Laguscheski, 26 anos e sua esposa Taiara Cassia Andrade, 19 anos, sendo Edson reconhecido pela guarnição que se encontrava com uma foto anexada ao mandado de prisão emitido pela Juíza de Direito Fabíola Cristina Inocêncio da 1ª Vara Criminal de Ariquemes.

Diante dos fatos expostos Edson e sua esposa Tainara foram conduzidos a Delegacia de Polícia Civil de Ariquemes onde foram tomadas as medidas cabíveis.

Edson é acusado de um homicídio ocorrido por volta das 23hs40min de 05 de Agosto do corrente ano na Linha C-100, Ramal 10, Fazenda Bandeirantes, sentido Oriente Novo, a cerca de 40 Km do município de Rio Crespo.

No dia dos fatos vítima Selma Ramos Firminiana, 37 anos estava realizando uma festa de comemoração pelos 7 anos de vida de seu filho e Edson Bueno Laguchesk, vulgo “Polaco”, que havia passado o dia bebendo, chegou na festa embriagado e como não era conhecido da família Selma pediu que o mesmo se retirasse da festa.

Diante da fúria de ter sido retirado da festa, Edson foi até sua residência nas proximidades, pegou um rifle calibre .22 equipado com luneta de longo alcance, procurou um local apropriado onde tivesse total visão do local, esperou o momento apropriado e atirou contra Selma, que após ser atingida no rosto, caiu ao solo e veio a óbito no local.

Após o crime Edson fugiu do município tomando destino ignorado.



Gostou da matéria? Então compartilhe!
TÓPICOS RELACIONADOS:
POSTAGENS SEMELHANTES
COMENTÁRIOS
Todos os direitos reservados.

Só em Rondônia - Central de Notícias
© 2011-2013

Cópias e reproduções das matérias deste site são permitidas desde que citada a fonte das mesmas.